« maio 2002 | Main | julho 2002 »

junho 30, 2002

Brasil! Brasil! Brasil! Brasil! Brasil!

E não é que somos Pentacampeões?!?!
Parabéns, Seleção!!
Nunca desejei tanto estar no Brasil para ouvir toda a farra e ver os fogos e cornetas todas!
Comemorem aí! O Brasil merece!!
Tenham orgulho desta Pátria Amada!
E não só agora, mas nas eleições também!
Vão à urna, meu povo, como quem vai escalar o melhor artilheiro para a Copa.
Acreditem no Brasil, como acreditamos até agora nesta conquista!
E pra frente BRASIL, que pra trás não dá mais!
ÊêÊêÊêêêê!!!
:o)

Escrito a mão pela Marcia às 2:49 PM

Para dar Sorte

"...Eeeeeeu, sou brasileiroooo
com muito orgulho
com muuuuito amooor..."

:o)

São 11:00 da manhã aqui e a transmissão já começou. A Inglaterra -- apesar da eliminação -- está torcendo em peso para o Brasil-il-il!

Escrito a mão pela Marcia às 11:08 AM

junho 29, 2002

Da Série Vivendo e Aprendendo

Coisas que aprendi a gostar na Inglaterra:

• chá com leite
• comida indiana
• Custard
• programa Who Wants to Be Millionaire (o Show do Milhão)
• supermercado Sainsbury's
• produtos orgânicos

Coisas que ainda não vejo graça nenhuma na Inglaterra:

• Yorkshire Pudding (bolinho assado feito de água, farinha e ovo)
• ir ao pub
• jogo de cricket
• Big Brother
• novelas
• tempo frio

Coisas que espero jamais fazer na Inglaterra:

• comer Black Pudding (salsicha feita de sangue de porco)
• ir à praia com roupa e deitar sobre o cobertor de lã
• lavar a louça como os ingleses (enchem a pia de água com detergente, colocam a louça nesta água, tiram a sujeira com um
pano e colocam para secar sem enxaguar)

:o)

Escrito a mão pela Marcia às 8:27 PM

Warning!

Este computador não anda passando bem.
Muitas telas azuis aparecendo do além.
Tinha certeza que formigas haviam feito ninho na CPU.
Instalamos dois daqueles ventiladores.
Muitas memórias estão dando problema.
Strange...

Escrito a mão pela Marcia às 3:02 PM

junho 28, 2002

O nome do gato

Adoro ver as fotos do Misty Gray, o gato da Fernanda. Tão cheio de personalidade! Decidi que quando adotarmos um gato ele vai ter nome de um dos Jellicles Cats, do musical CATS. Dependendo da carinha do futuro felino, poderá se chamar Jennyanydotts,
Bustopher Jones, Rumpelteazer ou Skimbleshanks. Mas o mais provável é que se chame Mr. Mistoffelees!
:o)

Concordamos que quando tivermos um gato, teremos também um cão e filhos. Assim nossa vida vira uma confusão completa. Às vezes é preciso complicar a vida. :o)

Escrito a mão pela Marcia às 11:36 AM

Help

Estou assistindo a um programa que se propõe a ajudar pessoas com problemas de relacionamento. Chama-se Life's Too Short. Um lixo. E o pior: não consigo mudar de canal e sempre choro no final. Buaaaa. Alguém me salve, plis.

Escrito a mão pela Marcia às 10:58 AM

Don't Panic!

Martin me ajudou no caso das passagens.
Conseguiu uma forma de me deixar ao menos mais tranqüila.
Às vezes me incomodo com o fato de precisar dele para resolver alguma coisa. Sempre que posso, tento resolver sozinha, falo com as pessoas, escrevo meus e-mails, vou até onde é preciso. Mas ainda dependo da ajuda dele de vez em quando, por causa do inglês. Com o tempo, espero conseguir...

Escrito a mão pela Marcia às 8:25 AM

junho 27, 2002

Oh vida, oh azar

Por que as coisas nunca dão certo logo da primeira vez? Tsc...
Sempre tem que ter alguma coisa de errado.
Meu nome na passagem está errado.
A companhia aérea disse para eu pedir a reimpressão no dia do embarque.
Como assim só no dia do embarque? Sou uma pessoa ansiosa e o-r-g-a-n-i-z-a-d-a.
Porém, realmente não há como irmos para Londres só pra trocar a passagem, sai muito mais caro.
Como vou viver até lá? Estou morrendo de preocupação.
Alguém me tranqüilize, por favor. Meu Gardenal, sim?
Oh vida, oh azar.

Escrito a mão pela Marcia às 3:21 PM

Mais Aniversário

Sir Martin e Eu estamos hoje comemorando o aniversário de 2 meses de casados, cheios de doçura, carinho e afeto.

:o)

Escrito a mão pela Marcia às 8:54 AM

Aniversário

Hoje é aniversário da minha irmã Débora, que está lá na casa de meus pais com o noivo, alegrando toda a casa!
Parabéns Dé!

:o)

Escrito a mão pela Marcia às 8:49 AM

junho 26, 2002

Na Final

É tão silencioso torcer para o Brasil aqui. Os ingleses estão mais preocupados com o torneio de Wimbledon. Mas mesmo assim torci. Que dificuldade para ganhar de 1 x 0!! E os turcos estão fazendo cursinho para competir com a Argentina como os jogadores mais antipáticos, é? Não importa. Estamos na final, é isso mesmo?

Escrito a mão pela Marcia às 2:43 PM

Mais Wise

E agora tenho 29 anos de sabedoria e modéstia. :o)

Escrito a mão pela Marcia às 7:54 AM

Ainda na Alegria

Ontem foi um dia muito especial!

Mas antes de mais nada quero agradecer à Clara, Mari, Cristina, ao Walter, à Renata, Letícia, Giorgia, Vania, o meu irmão Júlio e à Nathilda. Pelos cartões, recadinhos e toda energia positiva que me transmitiram!

Saímos ontem pela manhã de casa e demos uma volta no centro, depois demos um pulo na praia, vimos alguns esquilinhos na praça. Almoçamos num restaurante italiano e comi um fettuccine ao molho Alfredo (Anelise, impossível não ter lembrado de vocês, hehehe) enquanto Martin comeu uma pizza deliciosa. Fomos ao cinema, assistimos a Star Wars II Ataque dos Clones e gostamos muito, foi uma boa diversão! Depois passamos no supermercado Sainsbury's para comprar coisinhas para o jantar: um vinho australiano e uma torta de tiramissu.

Voltamos para casa, liguei para meus pais, falei com os dois e também com minha irmã, foi delicioso conversar com eles! Os pais do Martin e a irmã dele também me ligaram e cantaram Happy Birthday para mim! Assistimos TV e depois fomos dormir, superfelizes de termos amigos e pessoas tão especiais em nossas vidas!

Obrigada a todos vocês que participam e colaboram para minha alegria! :o)

Escrito a mão pela Marcia às 7:47 AM

junho 25, 2002

Parabéns para Mim!!!

Diga espelho meu
se há na avenida
alguém mais
feliz que eu..." :o)

ÊêÊêÊêêê!!!! Hoje é meu aniversário! Parabéns, Márcia! Parabéns! Parabéns!
O dia já começou maravilhosamente bem, com boas surpresas! Ganhei do Martin o segundo livro da aventura de Artemis Fowl e também um delicioso conjunto com perfume, hidratante e gel de limpeza da Ralph!! Ameeeei tudo, depois ele me deu mais um precioso presente: vai passar o dia todo comigo hoje!! VIVA!!

E já recebi meus primeiros recadinhos, cartões e e-mails me felicitando: Cristiane, Meus Pais, Natalia, Miriam e Anelise!!!
Muito obrigada!!! Fiquei superhiperfeliz!!

O que mais eu poderia pedir para ser feliz?? Não preciso de mais nada não! :o)

Escrito a mão pela Marcia às 9:57 AM

junho 24, 2002

Os morangos em minha vida

Quando eu era muito pequena, descobri o tal morango. Aquela fruta vermelhinha, com formato de coração, com cabinho verde era tudo o que enchia meus olhos de satisfação. Meu pai comprava na feira aquelas caixas feitas de madeira fininha, cheias de morangos. Naquele pacote de papel pardo eu reconhecia de longe que era uma caixa de morangos que estava lá dentro. E eu mal podia esperar para sentir o gosto das frutas inundando minha boca, mordendo-as com meus poucos dentes-de-leite, sentir o gosto meio azedo, meio docíssimo, mas repleto de delícia. E como toda boa criança ansiosa, só de pensar nos morangos eu perdia a fome. Queria os morangos, não a refeição que deveria anteceder. Minha mãe enchia meu prato cor-de-laranja com o
almoço e eu não conseguia engolir nem uma garfada. Eram os morangos que eu queria. Nem minha refeição favorita de domingo -- frango da televisão de cachorro, sou pobre minha gente -- eu conseguia comer, por mais que meus pais, avós e irmãos insistissem. Não sentia fome, só via aquela caixa enorme de morangos na minha frente. E só quando terminava de lamber a águinha com aquelas minúsculas sementinhas que restavam no fundo do pote da minha porção de morangos é que me dava por satisfeita e alimentada.

Hoje sou uma pessoa mais controlada, mais centrada, como vocês podem perceber. Larguei o vício e sou uma pessoa feliz. Como morangos apenas socialmente, sem abusos. :o)

Escrito a mão pela Marcia às 4:30 PM

Pensando mais ainda na sobremesa

Mas o que eu mais estou animada para fazer é a sobremesa!!! Nham! Vou fazer mini-merengues de morango! Uauauauauau! Uma base de suspiro, uma camada de whipped cream (chantily), uma camada de moranguitos e açúcar de confeiteiro por cima.
Nhanham.

Ah sim, a ocasião para esse jantar-com-sobremesa especial é que hoje é véspera do meu aniversário! Êêêê!!

Escrito a mão pela Marcia às 4:11 PM

Pensando no Jantar

Hoje para o jantar teremos um daqueles frangos prontos que é só enfiar no forno, sabe? Comprei um par de peitos tailandeses. Comprei um par de peitos de frango ao molho tailandês, tô curiosa para saber o que tanto essa comida tailandesa tem de bom. E preciso usar um pouco dos legumes. Acho que vou cortar uns pimentões, umas cenouras, meia cebola, uma abobrinha e refogar tudo com alguns broad beans. Acho que combina, né? Pelo menos fica colorido.

Escrito a mão pela Marcia às 4:06 PM

Passado recomposto

Acho que agora meus arquivos estão funcionando direitinho novamente. Marília, muito obrigada por ter me avisado!

Escrito a mão pela Marcia às 8:28 AM

Outras da F1

Uma grandissíssima diferença de assitir a F1 pela TV inglesa é sem dúvida a qualidade dos comentários. Na Globo, Reginaldo Leme é o único que tem a boa vontade de falar a coisa certa. Aqui os comentaristas são realmente especializados, pesquisam, entrevistam, estudam e entendem cada detalhe. Ontem eles explicavam a diferença entre os pneus Bridgestone e Michelin e mostravam claramente como cada um se desgastava, exemplificado mais tarde com a rodada de Montoya. Além disso dão detalhes de cada pit-stop: quantos litros de combustível foi adicionado, qual tipo de pneu foi escolhido e conta se o piloto havia dado algum feedback. Ontem quando um dos carros da Jordan começou a soltar partes da carroceria, os comentaristas sabiam de onde viam cada caco e se era cortante ou não. Impressionante. Porém, uma coisa horrível da transmissão inglesa é a mania de enfiar
intervalos comerciais no meio da corrida! grrrr...

Falando em Montoya, como ele acabou acertando o Couthard, a TV britânica foi correndo tentar entrevistar o escocês. Enquanto
ele falava com os repórteres, Montoya apareceu, esticou a mão e com uma expressão bastante constrangida disse: "Desculpa, eu rodei, não queria acertar seu carro". Couthard sorriu, apertou a mão de Montoya e respondeu: "Está tudo bem, sem pontos para nós dois, está tudo bem". E Montoya ainda repetiu: "Desculpa". Achei muito digno da parte do colombiano, muito diferente de pilotos novos e arrogantes que fazem barberagem, tiram um dos líderes da prova e depois nem têm a decência de assumir o erro.

Escrito a mão pela Marcia às 8:10 AM

junho 23, 2002

Mission Accomplished

Assisti desde a largada -- fenomenal, diga-se -- até a última volta. E fiquei muito feliz com a vitória merecida dele. Os comentaristas ingleses comemoraram como se tivesse sido gol do Beckham, disseram que há muito tempo todo paddock estava torcendo por uma vitória de Barrichello. Torci também. E gostei de ouvir o hino nacional. Gostei dos outros pilotos cumprimentando. Gostei de ver ele homenageando o filho. Gostei do banho de champagne. Gostei do choro tradicional. Gostei da sambadinha. Gostei da bandeira na mão. Gostei mesmo. Me deixa.

Escrito a mão pela Marcia às 7:56 PM

De Volta

Minha irmã Débora já deve ter chegado na casa dos meus pais em São Paulo, depois de passar três anos sem visitar o Brasil! Que alegria que deve estar sendo por lá!! :o)

Escrito a mão pela Marcia às 7:37 PM

Puf, puf..

Hoje fomos à área florestal Ringwood para andar de bicicleta. Fizemos 10 quilômetros, ufff... Encontramos um parque dentro da floresta com um lago delicioso, cheio de patinhos. Havia também duas mini-maria-fumaças circulando cheias de crianças e área para pic-nic. Desmontei-me na grama, depois fizemos o percurso de volta e chegamos em casa. A-c-a-b-a-d-o-s.

Escrito a mão pela Marcia às 7:35 PM

junho 22, 2002

Solstício de Verão

Ontem foi o dia mais longo do ano para o hemisfério norte. E foi a celebração do Midsummer's Eve, ritual sagrado do povo celta que aguarda o contato entre o nosso mundo e o mundo das fadas. Stonehenge estava simplesmente abarrotado de druidas, wiccas, afins e um povo pelado, por causa dos rituais. Apenas neste dia do ano é possível entrar no círculo de Stonehenge, em todos os outros dias do ano as visitas restringem-se à uma distância de uns três metros. Mesmo assim impressiona.

Escrito a mão pela Marcia às 7:38 PM

Apoio

Obrigada pelas mensagens de apoio e solidariedade que muitos de vocês deixaram! Amei saber que vocês pensaram na gente durante o jogo! Traduzi cada uma para o Martin e ele ficou muito feliz com os elogios ao povo dele. Ah, sim! Os beijos no Beckham e Owen serão dados assim que possível. :o)

Escrito a mão pela Marcia às 1:11 PM

Jantar

Ontem fomos a um jantar, open house de John e Irena. Achei que o povo ia envenenar minha comida por causa do jogo, mas todo mundo me cumprimentava dizendo "well done this morning" ou "congratulations for today". E eu retribuía a gentileza dizendo que sentia pela Inglaterra e que preferia que o Brasil tivesse eliminado qualquer outro time. Mas todo mundo dizia "futebol é assim mesmo".

Escrito a mão pela Marcia às 1:09 PM

junho 21, 2002

Visto pelo Outro Lado

É claro que estou feliz com o resultado. É claro que o Brasil aproveitou melhor as oportunidades do que a Inglaterra. É claro que todos os méritos são para a Seleção Brasileira. Mas não há coração mais verde-e-amarelo que não se comova com a decepção e tristeza dos ingleses aqui nesta manhã. Junto com o Brasil, eles são um dos povos mais fanáticos por futebol. Assim como no Brasil, o país inteiro parou para assistir a partida. Ninguém trabalhou pela manhã, casas com suas bandeiras da cruz de Saint George estendidas nas janelas, todos esperando por um jogo difícil, nervoso, mas bonito de se ver. E realmente assim foi. Era a chance da revanche dos ingleses, era a chance de se tornar um dos favoritos. Mas não deu. O Brasil foi o melhor hoje. E o sonho da Copa do Mundo para os ingleses acabou. Um silêncio profundo aqui se instalou, só interrompido pelas lágrimas nos rostos pintados de branco e vermelho. Nunca eles haviam
acreditado tanto na chance de chegar à final. Agora eles voltam para casa. Mas merecem nossos aplausos por
terem derrotado a Suécia, a Nigéria, a Argentina e a Dinamarca, num dos grupos mais fortes. Merecem nossos aplausos
pela dignidade de uma equipe que inspira respeito. Merecem nossos aplausos porque eles mesmos estão declarando na mídia: o Brasil foi melhor que nós. Assim, humildes e honestos.

Escrito a mão pela Marcia às 10:51 AM

junho 20, 2002

Message from Martin

(message from Martin, Marcia's husband)

Good luck to Brasil tomorrow, but its a shame you'll be going home so early !!!

Vai Inglaterra !!!!!!

Escrito a mão pela Marcia às 8:02 PM

Com Leite

Comprei o leite! Comprei dos grandes hoje. E integral. Além das versões desnatado, semi-desnatado e integral, é possível também comprar pequeno, médio e grande. Ufa, agora temos leite para o resto da semana. Obrigada por me lembrarem, Walter e Cristina, muito gentil da parte de vocês fazerem suspense à Stephen King para eu não esquecer. Humpf... Hehehehehehe. E Leticia, vou checar aqui sobre o
Milkman (parece nome de superherói!). Eu já vi umas vans distribuindo leite em garrafa de vidro por aqui, mas nunca parei para pegar telefone e tal. Da próxima vez vou falar com o moço do milk.

Escrito a mão pela Marcia às 6:10 PM

Sem Leite

Estamos há dois dias sem leite. Simplesmente esqueci de comprar o leite dois dias seguidos. Sabe o que é ter uma criatura em casa que toma chá se for com leite e come cereal com leite no café da manhã? Ontem, quase fiz uma campanha "Salve Mr.M" porque ele me contou todo dramático que só tomou uma xícara de água morna no café da manhã. (Não, aquilo do Asterix & Obelix entre os Bretões de tomar uma xícara de quente água não é invenção, é fato. Eles acham saudável tomar água morna para começar o dia.) O pobrezinho não percebeu que tinha banana, queijo, biscoito salgado, cookies e eticéteras na casa.

Então hoje de manhã -- ontem esqueci de comprar o leite de novo! -- acordei no mesmo horário que ele, fiz chocolate quente (que é só adicionar água), duas torradas com manteiga, banana e deixei um potinho de iogurte como opção. Mr. Avestruz comeu tudinho, até o opcional.

Preciso lembrar de comprar leite hoje, sem falta. Me lembrem, tá? :o)

Escrito a mão pela Marcia às 12:27 PM

Outro estranho entre nós

Acabamos de receber nossa cesta de legumes desta quinzena. Aquela outra anterior não durou nem uma semana e ficamos dias sem nada de verdura aqui. Desta vez encomendamos a cesta tamanho médio, porque estamos mais comilões.

Veio muita coisa boa: tomates-cereja, alface "Beatrix Potter" (autora dos livros Peter Rabbit), um pacotão de rúcula italiana, abobrinhas, batatas New Potatoes, cenouras, favas, cebolinhas verdes, alho fresco, espinafre e de *brinde*, veio um salsão (oh no!).

E como não poderia deixar de vir, um vegetal completamente desconhecido Kohlrabi. Quando soube que tal vegetal viria na cesta, pedi para trocarem. Mas não foi possível, porque a fazenda já tinha empacotado nossa cesta. Depois parei e pensei: nunca vi, nunca provei e estou mandando trocar como se fosse algo ruim. Tá certo não. Vamos experimentar e ver que gosto tem.

Parece um rabanete, parece um nabo, mas não é. É da família dos repolhos e das couves. Kohlrabi em alemão quer dizer repolho em forma de nabo. Rico em potássio, carboidratos, vitaminas B e C.

É também o nome de uma cidade na Califórnia.

Escrito a mão pela Marcia às 11:59 AM

Já?

Hoje já é dia 20!
Alguém tem a remota idéia do que isso significa?
...
Faltam 5 dias para o meu aniversário de 29 anos. O último ano dos meus vinte anos.
Terça-feira que vem, dia 25 de Junho de 2002.
Meu primeiro aniversário fora do Brasil.
Vou sentir falta dos amigos, que sempre estiveram comigo neste dia.
*sigh*

Escrito a mão pela Marcia às 8:42 AM

Sofá-fantasma

E só porque estamos nadando em dívidas, chega o nosso sofá definitivo. Sim, já contei a história, né? Compramos o sofá em Outubro/2001 e ainda não foi entregue. Só quando -- em Fevereiro/2002 -- Martin entrou em contato com a matriz da BoConcept na Dinamarca é que alguém se mobilizou e nos mandou um sofá provisório, que é idêntico ao que deveria ser o nosso. Achamos que eles iam deixar por isso mesmo e esquecer nosso caso.
Agora finalmente o sofá, que parece ter sido tricotado à mão por anciãs cegas, ficou pronto. E vai ser entregue na semana que
vem. E temos que pagar o restante que falta... *sigh*

Escrito a mão pela Marcia às 8:33 AM

Dívidas

Dívidas, dívidas, juros, dividendos.
Estamos cheios de dívidas.
Um monte de coisas para pagar.
Nenhum pence no bolso.

Escrito a mão pela Marcia às 8:27 AM

junho 19, 2002

Queimando mais calorias

Hoje à tarde:
40 de caminhada
1 compra (revista)

bom. :o)

Escrito a mão pela Marcia às 4:38 PM

Sem avião

"Greve no setor aéreo leva caos a aeroportos da Europa"

Oh, no! Justo hoje que eu queria dar uma passadinha naquele bistrozinho francês para jantar... tsc.

:p hehehehehehe

Escrito a mão pela Marcia às 2:50 PM

Queimando Calorias

Hoje de manhã:
30 minutos de bicicleta
0 tombos

muito bom. :o)

Escrito a mão pela Marcia às 2:25 PM

Tempo Voador

Ontem completei exatos 6 meses aqui na Terra dos Bretões. Meio-ano já. E concordo com Obelix: Esses bretões são loucos.

Escrito a mão pela Marcia às 11:55 AM

Desenhista na família

E falando em desenho, não poderia nunca deixar de lembrar do meu irmão Claudinei, desenhista talentosíssimo, um dos melhores desenhistas que já vi, sem a menor dúvida. Morro de saudades dele e de ver ele desenhando magicamente, fazendo surgir do nada uma arte que sempre me impressiona.

Há eras atrás, quando eu mudei de colégio, comprei um caderno bacanoso de capa dura para começar bem a nova fase e em cada uma das primeiras páginas ele fez uns desenhos maravilhosos do Pato Donald dormindo, acordando, espreguiçando, lavando o rosto na pia. Ficaram ótimos, eu me orgulhava imensamente de ter um caderno que ninguém tinha, todo personalisado carinhosamente. Nunca me esqueci.

Mas o talento dele vai muito além de Patos Donalds. Em qualquer material, tudo vira arte na mão dele: giz pastel, carvão, nanquim, guache, caneta Bic, lápis Faber Castel vagabundo, Corel Draw, qualquer coisa. Canhoto, surfista-de-alma, designer, pai de Kauan-fofura, cearense por opção, enfim tudo tudo nesta vida que me faz ter muito orgulho dele!

Escrito a mão pela Marcia às 10:32 AM

Pequenos Avanços

Estou mais ou menos no meio das aulas de Photoshop e estou gostando das descobertas. Agora comecei a parte de ilustração à mão livre, no papel com grafite. Me envolvi com o Mangá japonês -- claro, né? existe Mangá dinamarquês por acaso, Márcia? -- e já me apaixonei também. Estou na lição "olhos femininos", aqueles grandões, cheios
de reflexos, resultado do recalque dos japoneses. E descobri que não sou muito boa desenhando olhos grandes, meus desenhos estão fadados a terem olhos pequenos mesmo. É a primeira lição, ainda preciso aprender a ter noção de proporção e alinhamento, essas coisas. Mas estou bem contente com minha pequena evolução.

Escrito a mão pela Marcia às 9:34 AM

Dias Ensolarados

Desde às quatro da manhã o sol está brilhando aqui. Um céu bem azul, mas por enquanto ainda está frio. Vou esperar esquentar mais um pouquinho antes de sair. Queria ter um parque como o Ibirapuera por aqui, assim eu poderia caminhar ou andar de bicicleta em paz. O parque mais perto é o Queens Park, mas -- como quase todos os parques -- tem uma área de golfe e não é bom ficar perambulando por lá correndo o risco de levar uma bolada nada gentil na cabeça. Não estou com muita vontade de ir à praia. Não sei ainda o que fazer. Vida de vagal é muito complicada, como dá para comprovar.

Escrito a mão pela Marcia às 9:19 AM

Helen and Dave

Ontem recebemos a deliciosa visita dos amigos Helen e Dave. Conversamos até as dez da noite, foi bem agradável, Dave é
superengraçado e Helen também. Mostramos as fotos do casamento pelo computador, tomamos chá e consegui entender bastante da conversa. Há muito tempo não recebíamos visitas, foi ótimo tê-los aqui. Ah, sim! Eles trouxeram nosso presente de casamento: um conjunto de cassarolas Le Creuset, um sonho!

Escrito a mão pela Marcia às 7:58 AM

Encenação

Ôxi, eu sei que aquilo da água-mágica é só uma encenação pro jogador aparecer grande na tela da TV e tentar ganhar um papel no Malhação, da Grobo.

Mas eu bem que queria que tivesse vindo uns médicos correndo com a maca e examinasse minha perna avariada e jogassem água e eu pudesse fazer todas as caretas do mundo na TV. Mas não... chuinf... só uns e outros rindo do meu tombo... e eu levantando com cara de quem não sofreu nada, tentando colocar a correia de volta e pedalando como se tudo estivesse no script.

Enfim, já passou e minha perna está 100% novamente. Até gosto de azul! :o)

Escrito a mão pela Marcia às 7:44 AM

junho 18, 2002

Consertada

Passei um gelo na canela, restaram apenas duas marcas azuis. O que eu precisava mesmo é daquela água-mágica-santa que os médicos espirram nos jogadores de futebol. Em segundos os avariados melhoram e saem correndo, impressionante.

Escrito a mão pela Marcia às 3:22 PM

Desastrada

Estava andando de bicicletas nas ruas desertas daqui da vizinhança.
Depois de 40 minutos, fui parar para tomar um gole d'água.
Diminuí a velocidade ao mínimo para estacionar.
Fui tentar subir na calçada rebaixada, a roda dianteira bateu de lado na guia e caí. Chuinf...
O quadro da bicicleta acertou em cheio minha canela. Ai, ui...
Buaaaaaaaaaa...

Escrito a mão pela Marcia às 1:49 PM

junho 17, 2002

Mais diários

Estou a-m-a-n-d-o! Mais amiguinhas criando seus blogs! A mais recente blogueira é Laelya, aquela que cheira Pepsi porque é pior que Coca. Vamos à contabilidade:

Anelise: www.aneyalfredo.weblog.com.br
Cristiane: www.suiter.blogspot.com
Laelya: www.eusoudopovo.blig.ig.com.br

E vocês outras todas? Tão esperando o quê?
Não sabem como? Leiam como montar o seu blog com tudinho explicado aqui: InterNey BlogFaq

Corre!

Escrito a mão pela Marcia às 9:45 PM

Brasil!! Brasil!!

Êêêêêêêêêêêêê!! Acabei de assistir ao jogo! 2 x 0, dois golaços!

Próximo confronto: Brasil x Inglaterra
Pra quem vou torcer: pro Brasil, claro
Por que: porque "entre outras mil és tu Brasil ó Patria Amada"!!!

O bom é que qualquer que seja o final do jogo de sexta-feira, vai ter ao menos um feliz aqui em casa. E como um fica feliz com a felicidade do outro, todos estaremos felizes!! :o)

Escrito a mão pela Marcia às 2:27 PM

junho 16, 2002

Assim é a Vida

Assistimos a um excelente documentário na BBC sobre um antigo programa de televisão chamado href="http://www.the-jps.co.uk/themes/thatslife.htm">That's Life. Originalmente este programa foi criado para relatar
casos absurdos e engraçados que acontecem com os consumidores britânicos. Os telespectadores enviavam cartas e o programa
encenava o ocorrido de forma bastante cômica.

----

Um dos casos relatava o caso de uma aposentada que estava recebendo diversas cartas da companhia de gás encanado, que exigia o pagamento imediato das contas em atraso. Meses e meses se passaram e foram diversas cartas ameaçando o corte de fornecimento. A última carta recebida avisava o dia e o horário que um funcionário da companhia iria até a residência da aposentada para efetuar o corte do gás. No dia marcado o funcionário da companhia de gás encanado bate em sua porta e o seguinte diálogo acontece:

- Bom dia, senhora, estou aqui em nome da companhia de gás encanado para efetuar o corte devido à falta de pagamento de sua parte.
- (sorriso no rosto da aposentada) Pois não. Fique à vontade.
- Obrigado, pode me mostrar onde fica o registro, por favor?
- (com voz calma) Aaahh, isso é algo realmente intrigante.
- .... ???
- (aposentada cochichando) Você gostaria de saber, meu jovem rapaz?
- Erm... sim, por favor.
- (aposentada murmurando perto do ouvido do funcionário) Está preparado para isso?
- (funcionário confuso) Erm...Sim!!!
- EU NÃO TENHO E NUNCA TIVE GÁS ENCANADO NESTA CASA!!!

----

Outro caso hilário foi de uma telespectadora que tinha o seguinte problema: ela adorava seu jardim e amava seu cachorro. Porém o cachorro amava cavar buracos no jardim. Uma empresa ofereceu um repelente de cães, umas pastilhas naturais com um cheiro característico que fazia os cães ficarem longe, porém inofensivas para a saúde dos mesmos caso fossem ingeridos. O produto não apresentou eficácia nenhuma. O programa quis comprovar o fiasco do produto e trouxe -- ao vivo, no palco -- 10 cães de diversas raças. As pastilhas foram colocadas no chão e os donos soltaram seus cães das guias. Uma das cadelas havia entrado no cio naquele dia, mas a produtora achou que ia ser uma tomada rápida e ficou quietinha. E o resultado foi:

• 3 cachorros começaram a rodear a cadelinha no cio, cheirando o traseiro da pequenina, abanando o rabo cheios de felicidade
(gargalhada na platéia)
• dois cães começam a comer as pastilhas (mais risos)
• um cão terrier começa a cheirar um vaso de planta que enfeita o cenário
• outro cão basset se junta ao terrier
• cães empolgados com a cadela começam uma correria no meio do palco
• o terrier levanta a pata traseira e começa a aliviar sua bexiga num longo xixi que escorre pela metade do palco
(gargalhadas descontroladas na platéia)
• o basset assiste a tudo e logo que o terrier termina, ele também aproveita para um aliviante xixi na mesma planta e
definitivamente molha o resto do palco (gargalhadas histéricas da platéia, apresentadora tendo espasmos de risos, câmeraman
chacoalhando a câmera morrendo de rir)
• outros cães se juntam em fila para fazer um bom xixi naquela planta (todos descontrolados, ninguém narra nada, apenas
risadas e gargalhadas cada vez mais altas se ouvem)

Este episódio gerou tanta audiência e confusão que pela primeira vez na história da BBC o telejornal diário entrou no ar com
atraso. Os produtores tiveram muito o que explicar depois.

----

Pouco a pouco o programa começou a ter um caráter mais humanitário, denunciando maus fornecedores, protegendo os direitos dos
consumidores. O programa acaba recebendo uma carta com um pedido extremamente delicado.

Uma mãe que faz um apelo para que seu filho de 2 anos consiga um transplante de fígado. Notem: este programa é da década de
70, quase não se falava em doação de órgãos na época. Os produtores hesitaram em apresentar este caso temendo a morte da criança e da marca que isso deixaria no programa. Porém, a apresentadora foi mais convinvente dizendo que a criança poderia morrer muito mais rápido sem a ajuda do programa. Assim que o caso foi ao ar, quatro doadores entraram em contato. O garoto de 2 anos fez o transplante e o programa acompanhou sua recuperação com imagens dele brincando, correndo, rindo. Mas apesar do sucesso do transplate, sua doença era crônica e em poucos meses a criança adoece e morre. Transtornada, a equipe do That's Life resolve criar uma gigantesca campanha de doação de órgãos que resultou num programa de serviço de saúde
existente até hoje. A partir daí as doações quintuplicaram.

Mais do que nunca o programa percebe sua força, seu poder e usa isso da forma mais solidária possível. É criado o ChildrenLine, uma linha de telefone gratuita 24 horas para crianças e adolescentes denunciarem abusos, entre muitas outras ações. Descobrem até um "Schindler" inglês, que salvou mais de 600 crianças das mãos do nazistas, enviando-as para famílias do Reino Unido. E o programa faz o pobre velhinho se debulhar em lágrimas ao encontrar com algumas dessas "crianças" -- na época já na meia-idade -- para abraça-lo e dizer "thank you".

Depois de 21 anos no ar, o programa encerrou e deixou muitas saudades nos corações britânicos. E não foi por menos.

Escrito a mão pela Marcia às 8:37 PM

A Televisão

"Agora todas coisas que eu penso me parecem iguais" - Televisão, Titãs

Adquirimos nossa primeira TV . Estávamos há seis meses sem o
prazer de ligar e assistir uma televisão. Estávamos só com o computador quebrando o galho. Ontem finalmente compramos, financiada em várias vezes (porque pobre sempre tem que ter um carnêzinho para pagar por mês). E agora tudo é tão grande -- apesar dela não ser muito grande -- tão maior que a tela do monitor! Ficamos tão felizes ! Martin e eu estamos com as costas e os braços todos doloridos porque carregamos a TV três andares acima, pela escada. Um peso fenomenal. Mas conseguimos. Montamos o rack e instalamos. E a primeira imagem transmitida foi o jogo da Inglaterra, 3 x 0. Compramos também o DVD Star Wars I - Phantom Menance e assitimos boqueabertos com a qualidade da imagem. A casa ficou muito mais aconchegante agora, a sala ficou bem moderninha. Hoje está chovendo, céu nublado e frio lá fora. Quer coisa melhor do que
ficar no sofá enrolados nas cobertas, tomando chá com leite, comendo cookies e vendo reprises na TV? Tem não. TV não é tudo, não é nem de longe o principal nesta casa. Mas fez muita falta. Se fez.

Escrito a mão pela Marcia às 11:14 AM

junho 15, 2002

A Defesa

*HaHaHaHaHaHaHahahahahaha*

Adorei os comentários todos sobre a Série Caixa!

Em sua defesa, Mr.M manda avisar que o CD do SPC foi um presente de amigos, dado quando ele trabalhava na Acesita, em
Timóteo/MG. Mas ele confessa que gosta do "Mineirinho". E Cris, ele disse que não sabe cantar, mas que sabe dançar for all (forró). Ooops! Isso não se conta, né Walter? Hehehehehehe. Além desse CD, ele ganhou também Titãs, Cidade Negra e O Rapa.

Mais revelações das Caixas em breve. Aguardem.

Escrito a mão pela Marcia às 9:43 AM

junho 14, 2002

Da série 'Coisas Encontradas nas Caixas do Mr.M'

Uatarrél is dis?!?!?

Alguém ligue para o ProCon por mim, plis? Sim, porque o moço com quem casei nunca havia citado Só Pra Contrariar em seu currículo.

Márcia sem entender o que Alexandre Pires e seus cúmplices estão fazendo nesta casa de família

Escrito a mão pela Marcia às 3:35 PM

Da série 'Coisas Encontradas nas Caixas do Mr.M'

Uatarrél is dis?!?!?


Márcia sem entender o que um sapo-ET com sorriso de
salsicha faz em casa

Escrito a mão pela Marcia às 1:20 PM

Chuteira na cabeça

A amiguinha Anelise falou bem no blog dela sobre o fenômeno "Pátria com Chuteiras". Concordo contigo, Ane.

Escrito a mão pela Marcia às 12:37 PM

Da série 'Coisas Encontradas nas Caixas do Mr.M'

Uatarrél is dis?!?!?

Márcia sem entender o que um Teletubbie atropelado faz em casa

Escrito a mão pela Marcia às 12:19 PM

Revolução

Há meses -- muitos meses, i'd say -- que peço para aquele que divide o apartamento comigo arrumar o quarto de hóspedes. A idéia inicial era de fazer lá um escritório, para que eu pudesse trabalhar tranquilamente, fazer meus freelas, ter tudo organizado.

However, desde que nós nos mudamos, aquele moço fez do quarto sua oficina particular. Lá ele serra madeira, espalha as ferramentas, pinta, martela, parafusa, faz uma bagunça do devil.

Hoje deu. Cansei de esperar. Não agüento mais aquela bagunça. Tirei tudo pra fora, joguei tudo o que acho que devo. Uma caixa de papelão e um saco grande só com tranqueiras para jogar no lixo. Como uma criatura que acabou de mudar pode ter tanto bagulho para jogar fora?

E ainda tem muita bagunça no quarto. O chão está cheio de poeira, serragem, gesso, tinta, verniz. Graças a minha providencial cabeça, desde que nos mudamos, estendi um plástico gigante por cima do carpete.

Agora dei uma paradinha para almoçar e descançar antes de terminar a arrumação. Ai, minhas costas... Ui.

Dentre as milhares de coisas que arrumei, encontrei diversos objetos digamos assim... pitorescos. Logo mostro para vocês, já que não tem nada de obsceno. Sim, esta casa tenta ser de família.

Escrito a mão pela Marcia às 12:11 PM

Vem chegando o verão

Hoje amanheceu o dia com um fog tão espesso! Tá tudo branquinho lá fora, uma neblina inacreditável, não se enxerga nada. E frio, claro. Até os passarinhos tiveram que parar para esperar o fog passar. É o verão.

Escrito a mão pela Marcia às 8:20 AM

junho 13, 2002

Legumes e afins

Ao contrário da primeira vez, a nossa cesta de legumes foi-se toda, antes do tempo. A próxima só na quinta-feira que vem. Tivemos até que comprar umas batatas a mais. Compramos as New Potatoes inglesas, que o povo espera o ano inteiro pela colheira, porque são realmente deliciosas.

E os morangos? Huumm, nunca em toda minha vida comi morangos tão doces e tão deliciosos! Eu adoro morangos, desde que tenho dente. Os daqui são divinos!

Da cesta, apenas sobrou a abóbora butternut, ainda não sei se faço uma sopa ou outra coisa com ela. Por enquanto serve de enfeite.

Hoje teremos frango ao molho shoyu com cebolinhas verdes para jantar. Bem oriental.

Esses dias não estou muito empolgada para cozinhar.

Escrito a mão pela Marcia às 4:13 PM

Camisa Oficial

Estávamos pensando em comprar uma camisa oficial da Seleção Brasileira para dar ao pai do Martin, que é fã de futebol. Mas o
que é aquele pedaço de pano por R$140,00???? Assim não dá. No centro aqui de Bournemouth, há uma loja que vende camisas -- não-oficiais, claro -- da seleção da Inglaterra por £6 e da seleção do Brasil por £8, hahahaha.

Escrito a mão pela Marcia às 10:11 AM

World in Motion

E esta é a letra da música-tema do New Order, feita para a Copa de 1990, na Itália:

Express yourself, create the space,
You know you can win, don't give up the chase.
Beat the man, take him on,
You never give up, it's one on one.

Express yourself, it's one on one
Express yourself, it's one on one
Express yourself, you can't be wrong
When something's good, it's never gone.

Love's got the world in motion,
And I know what we can do.
Love's got the world in motion,
And I can't believe it's true.

Now is the time, let everyone see,
You'll never give up, that's how it should be.
Don't get caught, make your own play,

Express yourself, don't give it away.
Express yourself, it's one on one
Express yourself, it's one on one
Express yourself, it can't be wrong
When something's good, it's never gone.

Love's got the world in motion,
And I know what we can do.
Love's got the world in motion,
And I can't believe it's true.

You've got to hold or give,
But do it at the right time.
You can be slow or fast
But you must get to the line
They'll always hit you and hurt you,
Defend and attack.
There's only one way to beat them,
Get round the back.
Catch me if you can,
'cause I'm the England man.
And what you're looking at
Is the master plan.
We ain't no hooligans,
This ain't a football song.
Three lions on my chest,
I know we can't go wrong.

We're playing for England, England
We're playing this song.
We're singing for England, England
Arivederci, it's one on one.

Eu gosto mais desta também do que da atual musiquinha.

Escrito a mão pela Marcia às 10:03 AM

Tema

A Inglaterra sempre teve sua musiquinha-tema para a Copa do Mundo. Até hoje, a melhor delas na opinião popular foi feita pelo New Order, World in Motion. Este ano quem fez a música foram os apresentadores do programa Pop Idol, Ant and Dec, com a canção We're on the Ball.

Eis a letra:

They thought it was all over, but it's only just begun,
The cup of eastern promise in the land of the rising sun,
Seemed a million miles away and one things for sure,
The talk begins of '66 cos we haven't found a cure.
Send an SOS, a country's in need,
Sven's the man - he's got a plan - we've found a super Swede.
A nation re-united and England comes alive,
Golden balls is captain and Heskey makes it 5!

We're on the ball! (x4)

Red, white and blue the colours, the whole world in our hands,
The time has come to kick it, can we kick it? Yes we can!
Svens army marching forward, hear 3 lions roar?
We're England forever, now altogether, we're on the ball!

We're on the ball! (x4)

It's Neville to Campbell - Campbell to Rio - Rio to Scholesey - Scholesey, Gerrard. Gerrard to Beckham - Beckham to Heskey - Heskey to Owen to nod!

Escrito a mão pela Marcia às 9:56 AM

Copa

Assisti ao jogo do Brasil e senti falta de ouvir os rojões, dos gritos da torcida, do Galvão gritando "Ééééééé do
Brasiuuuull"
. E quer saber? A seleção brasileira está jogando melhor do que o time da Inglaterra.
Pronto, falei.

:o)

Escrito a mão pela Marcia às 9:41 AM

junho 12, 2002

Moedinhas

As moedas de £ 0.01 (um pence) e £0.02 (dois pences) são grandes e pesadas. Por esse motivo, Mr. M espalha essas moedas pela casa toda, que pesam no bolso dele e não pagam nem um copo d'água no pub. E eu saio recolhendo as coitadas e juntando num saco de supermercado (do Sainsbury's, pra dar sorte). E estávamos juntamos essas moedinhas desde quando ele morava em Poole. Dias desses descobrimos uma máquina no supermercado ASDA onde você coloca as moedinhas e troca-as por tickets a serem gastos em suas compras. Achamos uma ótima idéia. Ontem fomos trocá-las. Uma tonelada de moedinhas, fizemos uma barulheira danada despejando todas. E para nossa surpresa, havíamos juntado £20.00!! Fizemos uma boa compra.

Escrito a mão pela Marcia às 11:26 AM

Dia de Namorar

Hoje Martin passou a manhã aqui em casa, assistindo ao jogo da Copa e também aproveitando para ficar mais tempo comigo no Dia dos Namorados. Tomamos café da manhã juntos -- geralmente eu tomo meu café mais tarde -- e ficamos de papo até acabar o jogo (Inglaterra 0 x 0 Nigéria). Decidimos não trocar presentes e sim planejar nossas férias. Ainda não tivemos nossa lua-de-mel, lembra? :o)

Escrito a mão pela Marcia às 10:51 AM

Aniversário atrasado

E nem comentei ontem, mas lembrei do aniversário da minha cunhada Maristela. Ela é um doce de pessoa, carinhosa, simpática, alegre, divertida e cheia de luz. Nos conhecemos quando eu ainda era criança, com 11 anos. Hoje ela é mãe dedicada da minha sobrinha Juliana, esposa companheira do meu irmão Júlio, instrutora de Yoga em sua própria academia, uma batalhadora.

Feliz Aniversário para você, Maristela!!

Escrito a mão pela Marcia às 10:47 AM

Um dia após o outro

Estou mais tranqüila hoje, graças à boa recuperação da Bianca. Ainda torcendo por ela, claro. Mas não estou tão preocupada como ontem. Afinal, "quem se preocupa antes do necessário, se preocupa mais do que o necessário". A vida segue seu rumo, o mundo continua em seu curso. Não há nada que eu possa fazer para alterar os acontecimentos da vida. Nem aqui, nem no Brasil. Resta-me amar incondicionalmente a todos que gosto hoje. Sem pensar no futuro. Carpe Diem.

Escrito a mão pela Marcia às 10:42 AM

junho 11, 2002

...

Hoje não estou bem para escrever nada.
Muito preocupada e tudo o que eu posso fazer é rezar.

Escrito a mão pela Marcia às 8:24 AM

junho 10, 2002

Dia dos Namorados

E vixe! Daqui dois dias é Dia dos Namorados, né? Eu si perdo com essas datas agora, porque são todas diferentes daqui. Preciso anotar tudo no calendário: Dia das Mães, Dia dos Pais, tudo diferente. Não sei se vamos sair para comemorar o Dia dos Namorados, porque fizemos isso no Valentine's Day. Sei que não quero presente material, nem nada. Um abraço apertado dele já basta para me deixar super feliz.

No ano passado, ele aqui na Inglaterra e eu no Brasil, recebi uma linda surpresa de Dia dos Namorados. Eu estava trabalhando muito naquele dia, bastante ocupada e cansada. Meu telefone toca e a recepcionista fala com uma voz toda curiosa que tem flores para mim na recepção do prédio. Desço os doze andares pensando "de quem será?". E recebo um buquê imenso de flores, que quase não cabia em meus braços. Dentro, um cartãozinho com as palavras do Martin, cheio de carinho. Sim, ele comprou as flores pela Internet! E a emoção de ter ele mais perto, não teve preço. :o)

Agora que estamos juntos, o abraço dele é mais precioso do que qualquer outro presente.

Escrito a mão pela Marcia às 12:49 PM

Um lindo

E debaixo de toda tempestade de trovões e raios da fúria que eu estava no final de semana, estava o Martin, claro, que segurou tudo. Foi o alvo de tudo. Paciente até quando não devia, fez de tudo para que meu humor melhorasse. Já bem de noitinha quando conversávamos, perguntei se ele me desculpava e ele falou sorrindo: "nunca fico bravo ou triste com você. Não consigo". Um lindo ele.

Escrito a mão pela Marcia às 12:33 PM

Às Favas

Sim, preparamos e comemos os Broad Beans, ou melhor: fomos às favas. Aquele montão de vagem e só veio um punhadinho de feijões verdes, com gosto de ervilha amarga. O preparo foi bem simples, aferventamos as leguminosas por cinco minutos, tiramos a pele branca de cada um dos feijões e refogamos com um nadinha de manteiga e sal. Só. Previamente, eu havia preparado uma cassarola de frango, para o bem geral da nação faminta. Segundo Laelya, agora estamos ricos em proteínas, vitamina B e hidratos de carbono.

Escrito a mão pela Marcia às 11:32 AM

Trabalho

Agora com a chegada deste novo visto eu posso trabalhar, porém a imigração não me deu o work permit, a licença oficial para vínculos empregatícios. Então eu posso trabalhar desde que seja apenas em meu próprio negócio, já que as empresas britânicas têm pavor de contratar estrangeiros sem o work permit, justamente porque elas sabem das pesadas punições.

Então é isso. Logo abro minha banca de crônicas e vendo-as na feira livre. Outras idéias pipocaram desde que cheguei aqui, mas ainda estão difíceis de pôr qualquer uma em prática. Talvez não seja o momento certo.

Se no Brasil, alguém quiser contratar uma redatora que envie os trabalhos virtualmente e receba Realmente, estou aqui!

Escrito a mão pela Marcia às 8:23 AM

Passou

Meu humor voltou ao normal. O que não é grande coisa, hehehe.

Escrito a mão pela Marcia às 8:14 AM

junho 9, 2002

Dias de Fúria

Extremo mau-humor no sábado.
Mediano mau-humor no domingo.
Pratos e demais louças à salvo.
Cólica. Dor de cabeça.
Lágrimas, conversas e abraços.
Mau-humor, a volta dos que não foram.
Caminhada de duas horas, sofá e emburramento.
Jantar frio. Banho morno. Cabeça quente.
Quem sabe, amanhã será tudo melhor.

Escrito a mão pela Marcia às 8:30 PM

Filmes

Vimos dois excelentes filmes: Amélie e Monsoon Wedding.
Adorei Amélie, roteiro muito inteligente e uma fotografia de se apaixonar. Lindo. E Monsoon Wedding é bastante interessante, ambientado na Índia, com suas cores, tradições, músicas e danças.

Escrito a mão pela Marcia às 8:13 PM

Torcendo

Tenho minha amiguinha Anelise, que mora em Roma e tem uma scooter -- finíssima e chique ela -- e que também largou tudo no Brasil para viver com o gajo Alfredo. E esses dias ela teve que ficar no hospital por conta de uns exames e eu fiquei muito preocupada quando soube. Mas sei que vai dar tudo certo e que logo ela vai estar recebendo o tratamento adequado para ficar 100% de novo.

Ane, estou torcendo por você, viu? Fique boazinha logo.

:o)

Escrito a mão pela Marcia às 6:15 PM

Bolo de Cenoura

Huum, ontem fiz a receita de um bolo de cenoura que li na revista GoodFood e ficou delicioso! Muito fofo, úmido e
saboroso.

Ingredientes:
175g de açúcar mascavo fino
175ml de oleo de girassol
3 ovos grandes
140g cenouras raladas
casca ralada de 1 laranja grande
175g de farinha com fermento
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de canela

Modo de Fazer

1. Pré-aqueça o forno em 180ºC ou Gás 4. Unte e enfarinhe uma forma de 18 cm.
2. Numa vasilha, junte o açúcar, o óleo e os ovos. Misture-os ligeiramente com uma colher de pau. Acrescente as cenouras
raladas e a casca de laranja.
3. Peneire juntos a farinha, o bicarbonato de sódio e a canela e junte com a primeira mistura.
4. Mexa delicadamente até tudo ficar homogêneo. A mistura deve ficar leve e líquida.
5. Despeje a mistura na forma e asse o bolo por 30 minutos, até que fique firme e maleável quando você pressiona o centro.
Esfrie o bolo por 5 minutos, desenforme-o numa grade, corte e sirva.

Rendimento: 15 fatias
Calorias: 255kcal por fatia

Bom Apetite!

Escrito a mão pela Marcia às 12:31 PM

junho 7, 2002

No Céu

Hoje no céu vai haver uma festa.
Porque mais uma alma exemplar subiu até lá.
Sei que Deus vai receber esta alma de braços abertos
e dar o descanço e a paz que esta pessoa merece.
Fique em paz, Odisan.

Maristela, toda a nossa solidariedade para você. Iluminada como você é, sei que vai estar bem, sei que vai ficar tranqüila. Pelo seu pai. E pela vida. Um grande abraço para você, ao Jú e à Juli.

Escrito a mão pela Marcia às 12:15 PM

Extra! Extra!

Pronto, a preguiça passou! Um acontecimento e tanto para me acordar!!!

Meu visto chegou!!

Sim, acabei de receber junto com o certificado de casamento, o passaporte do Martin e uma carta, o meu brasileiríssimo
passaporte com o tão esperado carimbo de visto. O Home Office havia enviado uma carta no mês passado dizendo que a decisão -- muito medo -- seria tomada em seis semanas. Então concluímos que os documentos chegariam apenas no final de Junho. Quando o carteiro tocou o interfone, na hora meu coração pulou e pensei: "é o visto!". E graças a Deus era isso mesmo, que bom. :o)

O visto tem duração de 12 meses -- até o dia 28 de Maio de 2003 -- e no final deste prazo deverei solicitar o visto de
permanência. Ufa... Pfiiiiu... Respira... Aaahhhh.... Fuuuuu....

Não, gente, vocês não têm idéia do quanto essa história de visto é estressante, e do modo como a imigração trata você como
clandestina, daí pra baixo. E o alívio que é finalmente ser legalizada no país. Obrigada meu God. Obrigada UK Home Office. Obrigada meu loirinho. :o)

Ainda faltam mais dois vistos decisivos e definitivos. Os primeiros vistos -- no meu caso, o de noiva e de esposa -- são mesmo mais difíceis. Precisamos dar muitas provas de que não se trata de um casamento arranjado e de que temos condições de nos sustentar sem usar o dinheiro público. Gradativamente, os próximos vistos serão -- assim espero! -- mais fáceis de conseguir.

Estou MUITO FELIZ e milhares de vezes mais tranqüila.

Márcia surpresa e feliz com a chegada de seu visto
de esposa

Escrito a mão pela Marcia às 8:49 AM

Sexta-feira de Preguiça

Dia de garoa fina, céu cinza, tempo frio.
Sim, o verão está mesmo chegando.
Jogo Inglaterra vs. Argentina logo mais as 12:30 horário daqui.
Martin volta para casa antes do jogo começar.
Eu acordei a pouco e estou morrendo de sono já.
Preguiç...

"hoje eu acordei
pus o meu pijama
e fui pra minha cama
e depois dormi
aí eu fui tomar café
e voltei logo pra cama
e pus o meu pijama, yeah, yeah...
na cama com o pijama
na cama com o pijama..."

-- cortesia: Honda

Escrito a mão pela Marcia às 8:16 AM

junho 6, 2002

Examinada

Ah sim, fui ao médico, que é aqui pertinho, fazer meus exames para ser registrada. A enfermeira me mediu: ainda 1,56m, me pesou: 49,5 Kg, tirou minha pressão: OK (não sei ver pressão, mas ela disse "ok"), fez os exames de açúcar, proteína e outro lá que esqueci o nome. Tudo normal. Mil perguntas sobre o Brasil. Depois tive que passar na antipatia da recepção novamente para confirmar meus dados e pronto. Daqui um mês meu registro fica pronto e essa novela de "temos que dar preferência aos cidadãos ingleses" acaba.

Escrito a mão pela Marcia às 4:24 PM

Um desconhecido

Já lavei tudinho. Agora as folhas de alface e de rabanete estão secando, as cebolinhas verdes e o alho fresco (uia!) já estão
na geladeira. Os não-laváveis estão guardados: as batatas na cesta, as cenouras na gaveta da geladeira, junto com os cogumelos e a pequenina abóbora está enfeitando a cozinha.

E agora eu não sei o que faço com essas cobras verdes que vieram. Chamam-se Broad Beans e não tenho a mínima idéia se existem no Brasil. Notem: nasci e morei 28 anos de minha vida em metrópole. Não faço a menor idéia de como são os vegetais antes de serem colhidos, se dão em pé, se rastejam, se nascem debaixo da terra. Não faço a mímina. Então não sei se essas cobras verdes são feijões, ervilhas ou qualquer espécie dessas. Sei que tenho uma receita do Gary Rhodes com esses botõezões verdes, em algum lugar. Acho que é na fita de vídeo. Depois procuro. Que gosto será que tem??

Escrito a mão pela Marcia às 3:42 PM

Acabou de Chegar

Nossa cesta de legumes e verdura desta semana! Está tudo sujo, cheio de terra úmida porque choveu ontem. Muito trabalho pela frente. Eu achei que o moço Mark só viria à tardezinha -- avisei a ele que tinha médico hoje -- mas ele veio bem na hora do almoço, quando eu estava com o rosto todo respingado de molho de tomate do espaguete. Eita. Mas tô feliz, energia boa vinda da terra. Tudo fresquinho, belezinha. :o)

Escrito a mão pela Marcia às 12:03 PM

Exames

Hoje tenho exame médico para fazer meu registro no posto médico. Acordei de manhã, fiz meu xixi básico e esqueci completamente de coletar uma amostra para fazer o exame de urina. Sisqueci. Agora estou tomando um chazinho de camomila por causa do meu estômago que está meio triste. Vai sair tudo no exame.

Acordei com fome, peguei umas bolachinhas salgadas, coloquei-as no prato com umas fatiazinhas miseráveis de queijo e... perdi
a fome. Não comi nem meia bolacha. Que coisa.

Escrito a mão pela Marcia às 9:47 AM

Bela Porcaria

E que coisa essa do Belo, não? Aquelas músicas são mesmo as piores drogas que conheço. Hihihi. Alguém me explica o que um moço que vivia no Domingo Legal ia fazer com um fuzil AR-15?

Escrito a mão pela Marcia às 8:32 AM

Recado para Laelya

Vocês conhecem alguém com nome tão exótico e lindo como Laelya? Eu conheço, veja só! É minha amiguinha com nome de
orquídea e delicadeza idem. Desde que eu vim para a terra dos bretões ela finge que eu morri. Mas como boa assombração, sempre apareço para perturbar. E agora finalmente ela resolveu entrar em contato psicográfico comigo! Que filicidadi! Laly é uma pessoa muito especial, que gosto muito!

Laly, sinta-se em casa aqui neste humilde diarinho. Traga a família toda (Fábio, Ed, Alê, Edson, todo mundo), senta nas almofadas espalhadas e não repara a bagunça tá? Mas apareça mais vezes! Sinto saudades das grandes, amiguinha! Beijos!

Ah, sim! Quanto à colocar minhas fotos do casamento no banco de imagens, minina, cê não sabe quantas fotos cheias de
pose tirei naquela praia!!! Só coloquei algumas online para vocês verem, mas ainda tenho um monte aqui, olhando pro chão, pro mar, rindo, séria, cara de paisagem, milhares. O banco de imagens pagando meus devidos e caríssimos royalties, tamos aí né? Hehehehehe

Escrito a mão pela Marcia às 8:12 AM

junho 5, 2002

Mais desafios

Ainda não contei ao Mr.M, mas na cesta de legumes desta semana vem rabanete, abóbora butternut e ervilha broad
beans
. :o)

Escrito a mão pela Marcia às 3:05 PM

Surto de uma Dona-de-casa

Cena 1: seu marido, após cinco meses de enrolação, resolve instalar o varal retrátil para que você consiga pendurar roupas decentemente, sem usar a banheira

Cena 2: contente, você resolve lavar as toalhas branquinhas de todos os banheiros (4 toalhas de banho, 2 de rosto) Cena 3: no enxagüe da máquina de lavar, você capricha no Comfort, enche uma tampona e despeja tudinho

Cena 4: a máquina pára e você tira as belezinhas de lá, todas cheirosas, branquíssimas e fofinhas

Cena 5: você estende as toalhas de banho no varal

Cena Final: quando você pendura a última toalha branquinha, o suporte do varal retrátil escapa do gancho mal-instalado e todas suas toalhas branquinhas, fofinhas e cheirosas de Comfort caem no chão que está coberto de ferramentas sujas, corrente de bicicleta engraxada, furadeira cheia de pó de gesso, entre outros instrumentos cheios de testosterona.

Não é o caso de se esperar, atrás da porta, o marido chegar para acertar a canela dele com um martelo??? Humpf...

Escrito a mão pela Marcia às 12:43 PM

Recadinhos

É uma satisfação deliciosa ler os recadinhos que todos deixam aqui.
Um beijo especial à amiguinha Mari-design pelas dicas do Audiogalaxy, à Renata pelas dicas dos CDs com sons da natureza, à Fofolete-Cris que sempre me manda recadinhos carinhosos e doidos, à Aquela-mulher-mãe-da-Carol porque gosto dela mesmo! :o)

Beijos pipou!

Escrito a mão pela Marcia às 12:33 PM | Comente este capítulo (1)

Para se ver melhor

Ganhamos dos pais do Martin um espelho enooooorme para colocar na sala de estar. Era deles quando eles moravam em Keswick e estava encostado sem uso há mais de sete anos. Adorei, vai ficar lindo! Ontem mesmo fomos ao B&Q comprar tinta preta e pincel para pintarmos a moldura, que está velhinha.

Escrito a mão pela Marcia às 12:28 PM

Sem lenço e sem documento

Estou sem visto (expirou no dia 1º de junho), sem passaporte, sem nada. Está tudo com o Home Office, no setor de imigração.
E devo ficar nesta situação até o final do mês.

Escrito a mão pela Marcia às 9:06 AM

Coisas de Leicester

Durante nossas loooongas caminhadas pela estrada, tive a chance de ver:

• cordeiros correndo ao encontro do pai carneiro e se escondendo na barriga dele
• vaca lambendo seu bezerro recém-nascido
• casas com garrafas de leite na soleira da porta, esperando o leiteiro
• cão coçando as costas na grama

Escrito a mão pela Marcia às 8:30 AM

A Viagem

Correu tudo bem durante a viagem à casa dos pais do Martin. Passamos quatro dias sem fazer nada além de comer, fazer caminhadas e dormir. Estava um sol forte e aproveitamos para curtir o jardim delicioso que eles têm no fundo da casa. Martin cortou a grama e estendemos uma manta de pic-nic. Ficamos hooooras lendo e conversando, deitados na manta, acompanhados pelos passarinhos que vinham comer as migalhas de pão. Deu até para pegar uma corzinha rosa na nossa pele branca. Ganhei de presente da mãe do Martin cinco vasos com mudas de plantas!

Assistimos aos jogos da Inglaterra e do Brasil (o que é aquele Ronaldinho Gaúcho com aquele cabelo? que horror!!). E aqui os comentaristas não gritam goooooool quando o próprio acontece, muito sem graça, eles não falam nada. Muitas saudades do Galvão Bueno e seus irritantes comentários, hehehehe.

Acompanhamos pela TV todas as celebrações do Jubileu de Ouro da Rainha, que foram maravilhosas. Cada cidade preparou seus eventos para comemorar. Perto da casa dos pais do Martin, uma fazenda promoveu uma festa aberta ao público, com cerveja e comidas. Demos uma passadinha lá, mas estava tão vazio e sem graça que logo voltamos para casa.

Li muitas revistas de culinária, jardinagem e decoração. Enfim, só fizemos tudo do nada pra fazer.

Escrito a mão pela Marcia às 8:24 AM | Comente este capítulo (1)

junho 4, 2002

De Volta

Voltei!

Escrito a mão pela Marcia às 1:39 PM

junho 1, 2002

Em Leicester

Em poucos minutos pegaremos a estrada para Leicester. Ficaremos por lá até a segunda-feira, entre os mimos de Seu Tony e Dona Margaret, assistindo o jogo da Inglaterra e passando frio. Então é isso, até a volta! Um beijo.

Escrito a mão pela Marcia às 8:26 AM

« maio 2002 | Main | julho 2002 »