« Bloggers no Parlamento Inglês | Main | Brasil vence na Inglaterra »

Assassinato do Bicho-Preguiça

A BBC One está passando um programa semanal tão bom! Chama-se WildLife on One, comandado pelo brilhante David Attenborough, que tem em seu currículo os programas Life of Mammals e The Blue Planet.

Ontem o título do programa foi "Whodunnit?" (tradução: "quem foi qui fez esta porra?").

Local do Crime: Floresta Amazônica

A Cena do Crime: foi encontrado parte do esqueleto de um Bicho-Preguiça no solo da floresta amazônica. A Perícia Médica do programa foi ao local, recortou o solo de toda a área que envolvia o esqueleto e levou a amostra para os laboratórios britânicos.

A Vítima: um jovem e saudável Bicho-Preguiça de três dedos que, apesar da lentião, consegue se livrar dos predadores através da camuflagem.

Os Suspeitos: queda acidental, águias, exército de formigas e onças pintadas.

Evidências: o esqueleto foi encontrado no solo.

A análise mostra que não há ossos fraturados, portanto, a hipótese de queda acidental está descartada.

As águias geralmente levam a presa para o ninho, onde é devorada e onde os restos mortais permanecem. Portanto, águia também descartada.

Os bichos-preguiça precisam, de tempos em tempos, se arrastar pelo chão em busca de comida. Apesar da ameaça, pequenos insetos não conseguem ultrapassar a barreira grossa dos seus pêlos. Portanto, exército de formigas.

Restou a onça pintada. Parte das costelas da vítima estão lascadas. Em duas das costelas há lascas grandes, que indicam uma mordida grande e potente. Porém, há outras pequenas e centenas de mordidinhas nas outras costelas. Uma onça geralmente causa maiores danos aos ossos da vítima no momento da caça e posteriormente durante a refeição. No entanto, o esqueleto se encontrava praticamente inteiro.

Dúvida: de quem seriam as centenas de mordidinhas nos ossos?

A Investigação: os peritos precisaram voltar um passo e recomeçar a análise. Investigando o crescimento das plantas que cresciam ao redor do esqueleto pode-se constatar quando o assassinato ocorreu. Com essa informação, o crime mudou de figura: a época do crime coincide com a época das cheias da Floresta Amazônica. O solo fica cerca de 1m submerso nas águas do segundo maior rio do mundo. Teria o bicho-preguiça sido assassinado na água?

Novos Suspeitos: peixe-elétrico (capaz de gerar um choque de 500v), botos, jacarés, piranhas e tubarões.

Novas Evidências: Bichos-Preguiça são exímios nadadores e podem prender a respiração debaixo d'água por mais de 40 minutos. São capazes de evitar e se defender de pequenos predadores como piranhas e peixe-elétricos. Botos, jacarés e tubarões também são descartados por estraçalharem os ossos da vítima durante a refeição. Caso a nossa vítima tenha sido morta na água, seus ossos mostrariam evidências de afogamento. Porém, os ossos não mostram nenhum sinal de afogamento, a vítima não se encontrava na água no momento de sua morte.

So, whatahell??: Os peritos então partiram do princípio que o Bicho-Preguiça estava em seu habit natural, pendurado em uma árvore, quando foi violentamente assassinado, para então cair nas águas.

Conclusão do Caso: As lascas grandes nas costelas monstram que provavelmente a vítima foi atacada por um animal de grande porte. Os dentes e as presas da Onça Pintada se encaixam perfeitamente às lascas grandes. Por viver em galhos e por seu um animal pesado, o equilíbrio do Bicho-Preguiça e de seu predador provavelmente ficou bastante comprometido. Apesar de ter assassinado a sua vítima com sucesso no momento do ataque, a Onça Pintada deixou o corpo do Bicho-Preguiça escapar entre suas garras e cair nas águas. A Onça poderia perfeitamente se jogar na água e recolher sua presa, mas antes disso, um cardume de piranhas já fazia a festa no moribundo Bicho-Preguiça, deixando pequenas e centenas de mordidas em seus ossos. Passada a época das cheias, o esqueleto da vítima jazia no solo, no mesmo estado em que os cientistas o encontraram.

FIM.

(Triste fim do Bicho-Preguiça brasileiro, que mal sabe que um bando de peritos bretões gastaram mundos e fundos para solucionar sua morte...)


7 Comentários

Muito interessante Marcinha! :) Queria ver tambem, sera que passa aqui? Vou dar uma olhada...eu adoro esses programas de natureza, uma pena e que costumam repetir muito.

Interessante é mas me parece meio despropositado......Sei lá, vai ver que é birra de terceiro mundista. Beijo

Oi Luciana, toda a série é muito interessante, David Attenborough é excelente para esse tipo de programa!

cirs, foi bem legal mesmo!

Sammy, na verdade é um programa sobre a natureza, mostrando as características e as dificuldades que alguns animais selvagens enfrentam. A "perícia" foi só para dar um charme no programa, que foi todo em tom de humor, como se fosse um crime de Aghata Christe. :)

Tadinho do bicho preguica!!!

Aliás, "preguica" é uma palavra que o Stefan já aprendeu rapidinho... hohohh

Por que não fazem isso com as raposas?

Eu vi tb, muito legal!!!!

to de vorta marcinha:)

Beijos

Leticia