« The Pumpkin's Fate | Main | Between Heaven and Hell »

Halloween Treat





Primeiro Halloween aqui no vilarejo, ontem. E, ohmygod, que coisa fofa, todas as crianças estavam fantasiadas. Só tem uma escola aqui e todas se conhecem. A tarde (depois das aulas, qua aqui terminam às três da tarde) houve uma festinha pra elas no cinema da cidade -- pois é, menina, tem até cinema aqui, coisa mais linda toda decorada com azulejos, anúncios dos filmes pintados à mão, feito cinema de cidade do interior. E nessa festa, fantasia era obviamente obrigatória.

Então o resto do dia tinha crianças para todos os lados vestidas em fantasias fantasmagóricas, algumas realmente caprichadas. Passei no Co-op mas já não havia mais abóboras para fazer Jack O'Lantern, fica pro ano que vem. Recebemos mais uma abóbora na cesta desta semana, mas de novo não tive coragem de disperdiça-la, já que a outra estava tão gostosa. Mesmo sem carinha, coloquei a abóbora na janela.

Estávamos preparados com muitos mini-chocolates Twix e mini-caixinhas de uvas passas Marks & Spencer. Nada de mini-muffins caseiros recém-assados porque afinal vivemos num mundo de paranóia.





Às seis e meia começaram a chegar os primeiros Trick or Treaters.

Ouvimos risadinhas atrás da nossa porta.

"Hihihi, bate na porta, hihihi."
"Hihihi, eu não, bate você."
"Hihihi, eu não, você."
"Hihihihihihi" Toc, toc, toc.

Atendi.

"Trick or Treat!!!!!!! Hihihihihi..."

Duas bruxas e um Darth Vader. Demos os doces, as crianças agradeceram, o pai deles agradeceu e deu tchauzinho lá da calçada.

Depois vieram duas coisinhas mais pequenininhas e fofas, dois fantasminhas, uma menina e um menino. Bateram na porta bem fraquinho, quase não ouvimos. Abrimos e os dois ticos de gente falaram bem baixinho:

"Tick o teat..."

Morremos de rir com a pronúncia e a fofura, eles ganharam porção dupla de chocolate, já estavam indo embora quando lembraram, voltaram e disseram "Thank you". E a mãe deles também deu um tchauzinho.

As crianças maiores começaram a chegar, agora desacompanhadas de pai e mãe. Um esqueleto e um monstro vieram e Mr.M atendeu. Eu dava as porções exatas pra cada criança, mas Mr.M não tem muito respeito ao meu esquema estruturado ultra-organizado e estendeu a vasilha de doces pros meninos pegarem o que quiserem. E pro meu espanto, um deles falou pro outro: "Pega um só, um só" E os dois pegaram um chocolate cada. Mas Mr.M insistiu, pega mais, olha aqui, leva essa caixinha também. E um deles perguntou o que era.

"Uva passas", respondeu Mr.M.
"Ah, não, não gosto", falou o "monstro".
"Mas faz bem pra você, leva um" insistiu Mr.M
"Não, não, não gosto. Thanks."

Viram, só? Mr.M é um softie. No meu esquema infalível não há opções: as crianças levam o que eu entrego e pronto, não tem negociação. Mr.M, porém, acredita que no dia seguinte nosso jardim da frente vai estar cheio de caixinhas de uva passas jogadas por crianças indignadas e enfurecidas. Oh well, pelo menos não sou tão estraga-festa quanto aqueles que dão pasta de dente. Ou aqueles que deram pedra pro pobre Charlie Brown. Ainda.

Um grupo de garotas apareceu, bem maquiadas de vampiras e bruxas. E ao invés do "trick or treat" elas disseram Happy Halloween em coro, antes de estender suas sacolinhas. Foram bem educadinhas, agradeceram bem animadas.

Nosso estoque quase acabou. O nosso limite era até oito e meia da noite, depois disso apagaríamos as luzes de fora e fecharíamos as cortinas porque ficar atendendo a porta na escuridão das nove da noite não é lá muito seguro. Mas nem foi preciso. O último grupo veio umas oito horas e depois ninguém mais bateu na nossa porta.

Eu adorei. Me diverti de ver como as crianças capricharam nas fantasias e maquiagem, como foram bem educadas e ordeiras, como fizeram dos bons modos algo natural. Adorei dar presentinhos a desconhecidos e receber o sorriso por trás da boca falsamente ensangüentada.

No ano que vem, quem sabe, estaremos mais preparados, de casa decorada, abóbora esculpida, chapéus de Harry Potter, doces mais variados. E até aquecimento central, mas acho que isso já é pedir demais...


13 Comentários

oi marcia, como é bom conhecer costumes diferentes dos nossos, ainda mais como este que alegram o dia e o coraçao. bjs

Sua cidadezinha parece saída de um conto de fadas.

Não faz parte da tradição brasileira, mas eu queria ter um dia típico de Halloween... deve ser muito legal mesmo!

Abraços pra você e pro Mr. M! :D

oi, márcia:

meus votos de venturas à você, foram concretizados, pois com suas narrativas, vejo que vivem em um sonho...

uma ótima semana e beijos em seu coração.

Marcita, eu AMEI a caixa de passas! que fofitcha! e eu adoro passas (chocolate tb., claro!)
bjs

Que legal, Marcia!

E mesmo qdo o Mr. M ofereceu mais, os meninos recusaram pq simplesmente não gostavam do negocio (alias, sorry, mas uva passas no Hallowen é sacanagem).

Decorei minha casa, embora aqui as crianças não venham de porta a porta. Tivemos de fazer o sacrificio de atacar uma tigela de doces... :)

Beijo!

Que fofo mesmo!
Mas que coisa!! Se fosse conosco, acabaríamos com suas caixinhas de uva passa em um segundo! Minhas meninas adoram , e olha.. a menorzinha só tem um ano e meio :)

Adoramos seu blog, você escreve deliciosamente bem!

Abraços

Que delícia Marcia, deve ser muito divertido!
Eu fui abordada por um grupinho fantasiado sexta, enquanto estava passeando com meu cachorro..eheh Pena que não tinha nenhum doce comigo, ficou para a próxima ;)
beijo

ô, coisa mais fofa :D

tick o tít pá você tomém.

Oi Márcia!!!
Adorei!!!Aqui em casa foi na mesma proporção da sua!!!

Eu aceito as uvas passas, adoro desta marca!!!(risos)

Bjussss

Deve ser mesmo muito legal essa história de Halloween!Acho que eu ia me fantasiar e me juntar às crianças (maiores, pra não dar muito na cara)... hehe

Aqui em BH, o máximo que me aconteceu foi ir a um show de amigos que distribuíram máscaras pro público. Vá lá... foi divertido! Mas teria sido melhor se eles tivessem dado também uvas passas! Adoro!!! Quem sabe ano que vem... vou dar a sugestão pra eles. ;-p

Bjocas

Oi Marcinha! Seu lindo (lindo não, tenebroso!) post de halloween alegrou minha segundona chuvarenta :o) amei o mini Darth Vader. Tick o teat pra você também, hehehe!

E o jardim, amanheceu cheio de caixinhas de uva passa? :o) )

Acho muito bom as pessoas entrarem no clima das celebrações, embora estas não façam parte da nossa cultura brasilis!Abraços...

Olá Márcia,ontem te fiz uma vista, mas esqueci de mencionar q inspirada no teu blog que acompanho desde 2002, resolvi criar um meu, que claro, é singelo na escrita mas grande na vontade de evoluir e interação com os blogueiros deste mundão! Espero sua visita!!! O ender. é blogdaziza.zip.net Abraços...