« The Making Of... | Main | Eat Yer Veggies »

The Old British Post Box

O vilarejo que moramos é muito muito antigo. Os primeiros registros da região datam do século XI. E um dos poucos marcos desse passado distante que ainda existem por aqui é nosso velho e amigo Post Box, a nossa caixa de correio. O estilo é Wall Box, construídas para ficarem acomodadas dentro de uma parede, ao contrário das populares colunas cilíndricas chamadas Pillar Box, que todo mundo compra réplicas de souvenir em Londres. A do vilarejo tem as iniciais "VR", que significam Victoria Regina. E não se trata de um nome composto de personagem da novela das sete. Não, não, não. Victoria Regina quer dizer Rainha Victoria. Concluímos então que nossa querida caixa vermelha do correio data da época do reino de Sua Majestade Vicky, entre 1837-1901.



IMG_0462S.JPG


Então hoje coloco minhas cartas, minhas contas a pagar e meus cartões na mesma caixa em que há muito tempo atrás moradores enviaram longas cartas comentando sobre o novo livro de Karl Marx (1848) e de Charles Darwin (1859). E outros enviaram opiniões sobre a nova teoria de Einstein (1905). Outros escreveram cartas preocupadas ou de incentivo ou de adeus para aqueles que estavam prestes a enfrentar a Primeira (1914) e Segunda (1939) Guerras Mundiais. Outros mandaram cartões só para poder usar o selo que celebrava a coroação da Rainha Elizabeth (1952). Enquanto que alguns mandaram cartões para Winston Churchill felicitando sua aposentadoria (1955). Muitos ainda enviaram comentários sobre a primeira vez que o homem andou na Lua (1969). Outros escreveram seus lamentos sobre a morte de W.H.Auden, Pablo Picasso, J.R.R.Tolkien e Pablo Neruda (1973). Esses últimos, sem saber que nesse mesmo ano, nasciam duas pessoas que viriam a se encontrar e a morar neste mesmo vilarejo e usar esta mesma caixa de correio, enviando assim pedaços de suas histórias também.


11 Comentários

Lindo, isso.
E essa é parecida à que eu uso e fica perto da minha casa, mas eu nunca reparei nas iniciais; repararei. ;)

LollaMoon, repare sim porque o Channel Islands foi um dos primeiros lugares do Reino Unido a ter post boxes, deve haver alguns bem antigos na sua ilha.

Marcia, esse deve ter sido um dos posts mais bonitos que eu já li na vida!!! Parabéns e obrigada! :)
Beijão!

Menina adoro históra!
Forte abraço.

Muito bacana, Marcinha. Essa caixa postal deve ter umas 100 camadas de tinta em cima, de tão velha. :-)

Oi Misses M :)

Como pode vc ser tão linda né, e inteligente... este post foi uma obra de arte de tão delicado e inteligente, e ao mesmo tempo profundo.
Te adoro um montão.

bjs

Uau Marcinha, cultura pura :o) Adorei o post, obrigada por dividir com a gente tudo isso :o)

Beijos pra vocês aí!

Sensacional esse post.

O encerramento, então, foi com chave de ouro! Digno da realeza da caixa de correio.

Oi Márcia, que lindo post, como sempre! Gostaria de saber se há algum endereço de e-mail que eu possa usar pra mandar um bilhetinho virtual pra você... Se houver, você poderia mandá-lo para o meu e-mail do bol que vai no preenchimento do formulário de comentário? De qualquer forma, caso isso não seja possível, saiba que seu blog é um alento de poesia nesse mundo "internético", e eu não me canso de me emocionar sempre que o leio. Que Deus abençôe sempre você e seus amados. Abraço, Mieline

Acho que nunca comentei aqui, apesar de visitá-la há tempos. A reforma de sua cozinha foi no mesmo tempo da minha. As dificuldades são as mesmas em contextos tão diferentes - moro num ap em Brasília, uma cidade de 49 anos! Mas a gente esquece depois do resultado, ficaram lindas as duas. Adoro as notícias dos passarinhos. É que já me apareceu um ninho numa tuia limão de 40 cm, num vasinho da minha mini-varanda. Acompanhei diariamente os 2 ovinhos até o dia em que os filhotes levantaram vôo. Gosto do seu estilo, dos seus txts, mas este, particularmente, me impresionou. Parabéns!

Fiquei arrepiada com o final desse post. Sério mesmo. Goosebumps total. Seus posts são lindos. Parabéns pelo blog maravilhoso que já (re)li duas vezes como se fosse um livro. Ri, chorei e tudo mais.

Gosto demais de coisas tradicionais, de saber que elas têm história. Além do charme adicional.
beijo