« And the Fruits Follow | Main | Dearest Littlest One »

The Return of the Chocolate Cake

Andava cansada e entediada com as receitas que tenho de bolos de chocolate. Ou são aqueles ultra calóricos, embora deliciosos, feitos com barra de chocolate e muita manteiga ou são uns fofos que não tem lá muito gosto de chocolate. Queria um bolo de chocolate bem escuro, sabor forte, mas ao mesmo tempo aerado, úmido e fofo para comer acompanhado de um chazinho. Sem cobertura nem recheio, sem ser enjoativamente doce. E também fácil de fazer, sem ter que derreter o chocolate em banho-maria, sem ter que bater açúcar e manteiga por uma eternidade e meia. Procurei, procurei, procurei. E finalmente encontrei uma receita excelente, no blog Sunday Nite Dinner. Dividi a receita pela metade e mesmo assim deu um bolo de tamanho respeitável. Usei café espresso feito na hora e, apesar do sabor do café não se sobressair, o sabor do chocolate fica ainda mais intenso. A massa crua fica bastante líquida, mas assa e cresce bem, não se assuste. No blog acima você encontra a receita inteira, fotos passo-a-passo e também o recheio de buttercream, se você gostar. Eis a meia receita:





Update: Prestenção, eu havia cometido um erro fatal e digitado "1/2 xícara (chá) de fermento" ao invés de "1/2 colher (chá) de fermento". O correto é 1/2 colher (chá) de fermento em pó. Já corrigi na receita abaixo. Ninguém adicione 1/2 xícara de fermento em nada deste mundo, por favor.

Good Ol' Chocolate Cake

Secos:
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de açúcar (acrescente mais se preferir)
1/2 xícara (chá) de cacau em pó da melhor qualidade (aqui em UK usei Green & Blacks)
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/2 colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal

Líquidos:
1/2 xícara (chá) de buttermilk (eu usei leite integral)
1/4 xícara (chá) de óleo vegetal
1 ovo grande
1/2 colher (chá) de baunilha
1/2 xícara (chá) de café feito na hora (usei uma pequena xícara de espresso)

1. Pré aqueça o forno em 180ºC.
2. Unte e enfarinhe uma forma de ~20cm de diâmetro (usei aquela com furo no meio).
3. Peneire e misture os ingredientes secos numa tigela grande
4. Num outro recipiente, misture os ingredientes líquidos
5. Junte as duas misturas, secas e líquidas, até combiná-las bem (nesta etapa usei a batedeira em velocidade mínima).
6. Despeje a massa na forma untada
7. Asse por ~30 minutos (no meu forno 25 min foram suficientes, faça o teste do palito)
8. Retire do forno e esfrie por 30 minutos antes de desenformar o bolo

Essa receita é agora a minha favorita e a padrão daqui pra frente.


11 Comentários | Deixe um comentário

Já salvei aqui no Cooking Favorite folder! xx

Uau, que foto inspiradora!!!! Como recém-casada à procura de receitas saborosas e não tão trabalhosas (que eu saiba, não tenho muito talento pra cozinhar... snif), agradeço o post! =)

Oi, Marcia.
Nunca comento por aqui, apesar de te acompanhar desde que vc estava doidinha se preparando para ir para a Inglaterra. faz tempo, hein? rs
Viu, conheço esse mesmo bolo como Peteleco. É uma delícia, mesmo. Só que recentemente encontrei uma receita ainda mais gostosa e ridiculamente fácil de fazer, pq vai tudo no liquidificador. Se quiser, me escreva em renatacmm at gmail

Beijos.

Vou testar essa receita assim que voltar pra casa, parece muito boa! Espero que o meu fique tão bonito quanto o seu, da foto!:-)

Testei a receita e adorei! Tão úmida que nem precisa de cobertura, mas ainda vou testar essa cobertura de manteiga também.

Tô aqui comendo o monitor.

Marcinha, passei pra deixar algo completamente off topic, mas lembrei de você na hora que vi... http://www.likecool.com/Hedgehog--Design--Gear.html

Awwww, CidoOoOoOooo!!!! WANT.ONE. Fofíssimo e que design belíssimo, não? Amei. Cê tá bem, dear? Saudades. Beijocas.

Refiz minha declaração de amor a um texto seu de 2005 que guardo nos meus favoritos e releio toda vez que a coisa aperta por aqui. mais uma vez, obrigada!

Achei teu blog quando publicaram(com os devidos créditos) o texto : " um tapinha não dói". Achei tão bem escrito que tive que descobrir de quem era a autoria. Tô amando teu blog, já tô me sentindo íntima tua Márcia.Ainda tô em 2001 louca de curiosidade de saber por que sua cachorrinha pede para ligar o abajour...hehehe....vou ter que ler mais para descobrir não é!?
Parabéns pela escrita. Vc escreve com uma leveza que dá gosto.

Bjos.

Oi, Marcinha :)

Hoje meu marido me disse "Você gosta tanto dessa moça, por que não escreve pra ela?"

Então tou aqui, passando a perna na vergonha, te escrevendo. Na verdade eu adoro e leio o seu blog faz teeeempo... E esses dias comecei a ler desde 2001, pra relembrar como foi seu começo de vida na Inglaterra. Agora tou no post que você explica que detesta que acendam a luz na sua cara de manhã. (Eu ri demais, porque já passei muita raiva treinando meu marido pra parar de fazer a mesma coisa comigo, rs)

Eu fico meio com vergonha de te escrever, porque acho engraçado como temos tantas coincidências (mesmo aniversário, mesma alergia (vc ainda tem?), casada com estrangeiro e morando na terra dele, as manias, tantas coisinhas pequeninas), que temo parecer uma esquisitóide.

Hoje a vontade de conversar com você foi maior que a minha timidez, mas suspeito que não vá caber tudo na caixa de comentários, hohoho.

Bom, meu email taí.
Querendo, tendo tempo, estando disposta, a lua favorecendo, pode me escrever que meu coração tá com as portas abertas. :)

Um grande abraço,
my best wishes,

Grace.

Oi Marcia,
Conheci seu blog através do da Lu Brasil e adorei o jeito que você escreve! Já entrou pros meus favoritos!! :)

Oi! Entrei aqui não pra comentar sua deliciosa receita, mas pra falar de um texto delicioso que parou na minha tela sobre expressões em inglês (de 2003!).
Adorei, menina! Criativo e muito divertido. Como jornalista posso dizer que carecemos que coisas assim.
Parabéns!
Muito legal.

abs,

Rogério

Deixe um comentário